Transtornos da Personalidade

transtornos de personalidade

Traços da personalidade são padrões persistentes de percepção, de relacionamento com e de pensamento sobre o ambiente e si mesmo que, de fato, são exibidos em uma ampla gama de contextos sociais e pessoais. Os traços de personalidade constituem transtornos da personalidade somente quando são inflexíveis e mal-adaptativos. E se, além disso, causam prejuízo funcional ou sofrimento subjetivo significativos.

O aspecto essencial de um transtorno da personalidade é um padrão persistente de experiência interna e comportamento. Desse modo, desvia acentuadamente das expectativas da cultura do indivíduo e se manifesta em, pelo menos, duas dessas áreas: cognição, afetividade, funcionamento interpessoal ou controle de impulsos. Esse padrão persistente é inflexível e abrange uma ampla faixa de situações pessoais e sociais. Assim, provoca sofrimento clinicamente significativo e prejuízo no funcionamento social, profissional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo.

 

Os seguintes transtornos de personalidade são presentes na prática psiquiátrica:

 

Transtorno da personalidade paranóide

 

É um padrão de desconfiança e de suspeita tamanhas que as motivações dos outros são interpretadas como malévolas.

 

Transtorno da personalidade esquizóide

 

É um padrão de distanciamento das relações sociais, bem como uma faixa restrita de expressão emocional.

 

Transtorno da personalidade esquizotípica

 

É um padrão de desconforto agudo nas relações íntimas, distorções cognitivas ou então perceptivas e excentricidades do comportamento.

Transtorno da personalidade antissocial

 

É um padrão de desrespeito e violação dos direitos dos outros.

 

Transtorno da personalidade borderline

 

É um padrão de instabilidade nas relações interpessoais, na autoimagem e nos afetos, com impulsividade acentuada.

 

Transtorno da personalidade histriônica

 

É um padrão de emocionalidade e busca de atenção em excesso.

 

Transtorno da personalidade narcisista

 

É um padrão de grandiosidade, necessidade de admiração e falta de empatia.

 

Transtorno da personalidade evitativa

 

É um padrão de inibição social, sentimentos de inadequação e hipersensibilidade a avaliação negativa.

 

Transtorno da personalidade dependente

 

É um padrão de comportamento submisso e apegado relacionado, sem dúvida, a uma necessidade excessiva de ser cuidado.

 

Transtorno da personalidade obsessivo-compulsiva

 

É um padrão de preocupação com ordem, perfeccionismo e controle.

Tratamento

Cada transtorno da personalidade tem sua característica. Por isso, normalmente, vem acompanhada com outras comorbidades psiquiátricas como, por exemplo, depressão ou ansiedade. Suporte medicamentoso para aliviar o sofrimento, bem como controlar os comportamentos indesejados são usados no tratamento. No entanto, o acompanhamento de um psicólogo bem capacitado em lidar com esses transtornos da personalidade é essencial.

Diferenciais

  • Primeiro atendimento com duração de 2 horas;
  • Atendimento individualizado;
  • Flexibilidade de horários;
  • Contato direto;
  • Relatório de atendimento para seu psicólogo;
  • Local confortável.
Contato/agendamento

 

WhatsApp chat